MP quer prisão de Maurício Sampaio

MPGO pede prisão de Maurício Sampaio. O tabelião afastado é acusado de dez crimes.
MPGO pede prisão de Maurício Sampaio. O tabelião afastado é acusado de dez crimes.

O Ministério Público de Goiás denunciou e pediu a prisão preventiva do tabelião afastado, Maurício Borges Sampaio, por dez crimes. As acusações contra Sampaio incluem peculato, cobrança de tributo indevido ou com emprego de meio gravoso e modificação de sistema de informações do cartório sem autorização.

De acordo com o MPGO, Maurício Sampaio é uma pessoa de alta periculosidade, que estaria coagindo e ameaçando testemunhas. Irismar Dantas, interventor do cartório, chegou a registrar ocorrência na Polícia Civil contra Sampaio, que teria o ameaçado.

Maurício Sampaio também responde como réu no processo do assassinato do jornalista e cronista esportivo Valério Luiz, ocorrido em 2012.

Comentários do Facebook