Lêda Borges, Aleandra Sousa e Delegado Cristiomário estão entre os mais fortes candidatos a deputado estadual pelo Entorno de Brasília | Foto: Reprodução
Lêda Borges, Aleandra Sousa e Delegado Cristiomário estão entre os mais fortes candidatos a deputado estadual pelo Entorno de Brasília | Foto: Reprodução

As Eleições 2018 prometem uma renovação no Legislativo goiano, a exemplo do que ocorreu com a Câmara Municipal de Goiânia em 2016.

E uma das regiões que deve contribuir com esse cenário é o Entorno de Brasília, que conta com milhões de eleitores registrados.

Na região, alguns nomes ganharam força recentemente e aparecem como os mais cotados para conquistarem vagas para a Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).

O Folha Z aponta abaixo os 6 nomes com mais chances de se elegerem deputados estaduais pelo Entorno em 2018.

Unifan Bolsas de até 70% – 300×250

Confira!

Infográfico: Folha Z
Infográfico: Folha Z

1⃣ Aleandra Sousa (PTB)

Ela foi secretária Municipal de Assistência Social de Águas Lindas até abril deste ano depois de 5 anos no cargo.

A descompatibilização foi justamente para atender à legislação eleitoral e poder concorrer ao pleito.

Seu marido é o prefeito da cidade, Hildo do Candango.

E, além de secretária, a primeira-dama chegou à presidência do Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social do Estado de Goiás.

Aleandra e o marido se estabeleceram em Águas Linda de Goiás há mais de 20 anos. Lá, tocam a Mercearia Candango pelo mesmo período.

Caso o sucesso político se confirme como uma característica da família, Aleandra tem chances reais de sonhar alto.

Hildo foi candidato a prefeito em 2008 e perdeu por uma diferença de apenas três mil votos.

Em 2010, candidatou-se pela primeira vez à Assembleia Legislativa e foi eleito com 24.269 votos, tornando-se o primeiro deputado eleito pela cidade.

Já em 2012, ao concorrer a Prefeitura de Águas Lindas pela segunda vez, se elegeu com 54,03% dos votos válidos.

Vale a pena acompanhar a trajetória do casal.

2⃣ Delegado Cristiomário (PSL)

O nome do Delegado Cristiomário cresceu na mídia após um episódio curioso.

Foi em 2015, quando ele decidiu transferir 20 presos a pé da delegacia até o presídio de Planaltina. Ganhou destaque na televisão.

Desde então, com seu trabalho de oposição ao governo estadual, cresce nas pesquisas.

A estimativa da sua campanha é de obter de 15 a 20 mil votos. Só em Planaltina, a expectativa é de garantir 10 mil eleitores.

Além disso, Cristiomário também espera votação expressiva no noroeste goiano. Isso porque ele é professor na cidade de Formosa.

Com 46 anos, Cristiomário tem 4 anos de atuação como delegado em Goiás, além de outros 12 como escrivão de polícia.

Seu partido, o PSL, terá chapa focada na Segurança Pública, com Jair Bolsonaro à Presidência e Delegado Waldir à Câmara dos Deputados.

3⃣ Professora Edna (DC)

A vice-prefeita de Luziânia Professora Edna é o nome forte do partido Democracia Cristã (DC) no Entorno.

Foi vereadora por dois mandatos e tem base eleitoral forte no Jardim Ingá, distrito de Luziânia.

Em 2018, caminha com o grupo que apoia Ronaldo Caiado (DEM) ao Governo de Goiás e Wilder Moraes (DEM) ao Senado.

4⃣ Deputada Lêda Borges (PSDB)

Em convenção estadual do PSDB realizada no último domingo, 5, a deputada estadual Lêda Borges oficializou sua candidatura à reeleição.

E de acordo com o partido, Valparaíso, cidade da qual Lêda foi prefeita, teve a maior caravana do evento, com 13 ônibus e mais de 1000 pessoas.

Em Valparaíso, Lêda foi secretária de Educação (1997) e Obras (2003) e também vereadora em 2001.

Em 2009, foi eleita a primeira mulher prefeita da cidade.

Já em 2015, conquistou uma cadeira na Alego com 32.217 votos.

No governo Marconi, ficou à frente da Secretaria de Estado da Mulher, Desenvolvimento Social, da Igualdade Racial, dos Direitos Humanos e do Trabalho.

5⃣ Deputado Diego Sorgatto (PSDB)

De acordo com Agência de Notícias da Assembleia, Diego Sorgatto foi o deputado que mais apresentou projetos em 2017.

Natural de Luziânia, ele tem 27 anos e tenta a reeleição para o cargo.

Aos 18, foi eleito vereador, o mais jovem do Estado de Goiás e um dos mais jovens do Brasil.

Ele foi presidente da Câmara de Luziânia e preside a Comissão de Organização dos Municípios na Alego, para a qual foi eleito em 2014, com mais de 30 mil votos.

Foi em 2018 que ele deixou o PSB e passou a integrar os quadros do PSDB.

6⃣ Alex Batista (PROS)

Ex-prefeito de Cidade Ocidental, Alex Batista também apresenta possibilidade de sucesso no pleito deste ano.

Com passagem pela Câmara dos Vereadores do município, Alex foi eleito prefeito com mais de 8 mil votos em 2018.

Dez anos depois, aparece como nome forte para representar a região na Alego.

Alex é de Luziânia e tem 31 anos de idade.


Quer receber notícias dos bastidores da política?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos do Estado de Goiás.

Mande uma mensagem para o Whatsapp do Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais do Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias de política”.