Secretário de Articulação Política Tatá Teixeira | Foto: Folha Z
Secretário de Articulação Política Tatá Teixeira | Foto: Folha Z

Composta por cerca de 20 partidos, a base aliada do prefeito Gustavo Mendanha (MDB) pretende formar ampla maioria na Câmara de Aparecida nas eleições de outubro.

Quem garante o plano é o secretário municipal de Articulação Política, Tatá Teixeira.

De acordo com ele, a estratégia é que cada partido tenha seus “nomes fortes”.

Essa necessidade é um reflexo da mudança na legislação eleitoral, que proibiu as coligações para o pleito municipal de 2020.

“Não pode ser 1 candidato com muitos votos representando vários partidos. A chapa tem que ser pura. Então nós estamos fazendo esse trabalho com os presidentes dos partidos e os pré-candidatos para consolidar cada uma das chapas”, explicou Tatá à reportagem.

Segundo o secretário, já foi reduzido de 10% para 5% o número de pré-candidatos que apareciam em listas de mais de uma sigla.

“Até dia 4 de abril, pretendemos zerar os conflitos de pré-candidatos repetidos”, afirmou.

Serão necessários 13 cadeiras para que a base aliada consolide uma maioria simples no Legislativo Municipal.

Tatá ou Veter podem ser chave para o Podemos na vice


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida? NOSSO NÚMERO MUDOU!

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Mande uma mensagem para o Whatsapp da Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Aparecida”.

Comentários do Facebook