Novo decreto em Goiás fechará todo serviço que não seja de saúde ou alimentação | Foto: Claudivino Antunes
Novo decreto em Goiás fechará todo serviço que não seja de saúde ou alimentação | Foto: Claudivino Antunes

O governador Ronaldo Caiado (DEM) espera poder publicar o novo decreto estadual que endureça as medidas de combate à Covid-19 no Estado ainda nesta 3ª feira (12) ou, no mais tardar, na 4ª feira (13).

Em entrevista à Rádio Sagres na manhã desta 3ª, o governador adiantou que a nova determinação será de permitir apenas atividades essenciais de saúde e alimentação.

Segundo ele, a elaboração do decreto será baseada em um mapeamento da situação dos municípios realizado em todo o Estado de Goiás.

No 1º momento, a restrição será focada nos locais mais afetados pelo coronavírus: a Região Metropolitana da Capital e o Entorno do Distrito Federal.

Caiado destacou que o processo de isolamento será especialmente intenso na Região Metropolitana.

“Será um decreto bem restritivo, para fazer o isolamento chegar a 70%”, anunciou.

Presidente

O governador ainda garantiu que não seguirá o decreto publicado por Jair Bolsonaro na noite de 2ª feira (11), incluindo academias, salões de beleza e barbearias entre serviços essenciais.

“Goiás tem total independência em relação às determinações do presidente”, afirmou.

Governador Ronaldo Caiado diz que retomará isolamento e destaca influência negativa do presidente


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook