A mudança de algumas secretarias para o prédio do novo Paço da Prefeitura de Aparecida de Goiânia gerou embaraço dentro do 1º escalão do Executivo.

Segundo fontes ouvidas pela Folha Z, a briga começou por conta da escolha das salas para cada departamento e o estopim foi uma publicação em um site de política sobre alguns auxiliares de Gustavo Mendanha.

A partir daí, instalou-se uma verdadeira “caça às bruxas” para descobrir quem teria passado a informação ao site.

A publicação critica a gestão de Mendanha.

Cita como 1 dos motivos para a suposta impopularidade do prefeito a forma como André Rosa (Fazenda) e Fábio Passaglia (Governo) atuam dentro da Prefeitura.

Mudança para o Novo Paço

Segundo apurou a reportagem, a Secretaria da Fazenda, a princípio, permaneceria na antiga sede.

André Rosa (Fazenda) e Fábio Passaglia (Governo) | Fotos: Reprodução
André Rosa (Fazenda) e Fábio Passaglia (Governo) | Fotos: Reprodução

O titular, André Rosa, inclusive, assumiria o antigo gabinete do prefeito no local.

Porém, o secretário não teria gostado da ideia e insistido que se mudaria para o novo endereço.

Assim, teria decidido se instalar no 5º andar do novo Paço, onde estão as secretarias de Comunicação, Articulação Política e Governo, além do gabinete do vice-prefeito.

A nova sala de André Rosa ficou instalada junto à Comunicação.

E a insistência, que causou mal-estar entre os principais auxiliares, não teria agradado o prefeito Gustavo Mendanha.

À FZ, servidores reclamam do ciúme no alto escalão e do ambiente pesado, que tem atrapalhado o trabalho no novo local.

Glaustin pede apoio de Alcides durante longa conversa em Brasília


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Mande uma mensagem para o Whatsapp do Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Aparecida”.

Comentários do Facebook