Presidente do PDT Aparecida, Anésio Rodrigues | Foto: Folha Z
Presidente do PDT Aparecida, Anésio Rodrigues | Foto: Folha Z

Glaustin da Fokus (PSC) ainda tem a preferência do PDT caso lance candidatura a prefeito de Aparecida de Goiânia.

De acordo com o presidente municipal do partido, Anésio Rodrigues, a parceria está fechada, mas depende ainda do próximo passo do deputado.

“Não nos afastamos, ainda estamos conversando. Mas ele não desistiu nem confirmou que vai ser candidato, está calado. E os pré-candidatos precisam de um rumo, não dá pra demorar tanto”, contou Anésio à reportagem.

De acordo com o presidente, o PDT tem um candidato majoritário próprio, o ex-vereador Assis Brasil.

Coligação

Mas as conversas em busca de uma coligação continuam.

“Não tenho nenhuma dificuldade de coligar e deixar de lançar a candidatura própria. Mas isso também depende do diretório nacional do PDT, que pode acabar determinando que o partido lance um nome próprio”, explicou.

De acordo com Anésio, o partido ainda mantém conversas com um grupo de oposicionistas que inclui Pros, DEM e PSL.

Para ter tempo de fazer essa decisão, o partido deixará em aberto a questão do candidato majoritário na convenção, marcada para o dia 5 de setembro.

Na data, segundo o presidente, também será conferida à executiva municipal a autonomia para definir pela coligação ou pelo lançamento de Assis.

“O que nós fazemos questão é de fortalecer nosso grupo de pré-candidatos a vereador. Quero dar a eles uma boa estrutura. Porque temos o interesse de eleger até 3 vereadores”, afirmou.

LEIA MAIS 👉 Sem Glaustin, oposição de Aparecida debate união durante encontro


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida? NOSSO NÚMERO MUDOU!

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Basta clicar aqui para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

Comentários do Facebook