Secretário municipal da Fazenda, André Rosa | Foto: Rodrigo Estrela
Secretário municipal da Fazenda, André Rosa | Foto: Rodrigo Estrela

De acordo com o secretário municipal da Fazenda, André Rosa, o pacote de auxílio emergencial aprovado pelo Senado não é suficiente para cobrir nem 30% da perda de arrecadação em Aparecida motivada pela crise do coronavírus.

O projeto, aprovado pelos senadores na noite de sábado (2), prevê a destinação de R$ 79.678.209,89 para a cidade.

Porém, o titular da Fazenda acredita que a quantia, apesar de bem-vinda, não vai fazer mais do que uma “maquiagem” na situação do município.

À Folha Z, André adiantou que o dinheiro deve ser usado para manter as atividades já previstas no planejamento original das finanças da cidade.

A expectativa é que, caso não haja alterações no projeto, a 1ª parcela do pagamento do auxílio emergencial seja repassada já no dia 15 de maio.

Aparecida planeja multa para quem estiver sem máscara na rua


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook