Secretária é alvo de reclamação de petistas dentro da Prefeitura de Aparecida | Foto: Ênio Medeiros
Secretária é alvo de reclamação de petistas dentro da Prefeitura de Aparecida | Foto: Ênio Medeiros

A rotina na Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda mudou drasticamente em Aparecida depois que a nova titular, Márcia Tinoco, assumiu a pasta.

Farmacêutica e pastora evangélica, ela substituiu no cargo o presidente municipal do PT, Adriano Montovani.

Segundo fontes ouvidas pela reportagem, servidores ligados ao antigo secretário, considerados petistas, relatam cortes nas gratificações que costumavam receber.

Ao mesmo tempo, citam que a nova titular tem sido mais exigente em relação à carga horária de trabalho na pasta.

Além disso, funcionários que tentaram se transferir para outras secretarias não teriam conseguido obter a liberação.

A ideia da nova gestão, segundo as fontes consultadas, seria forçar os servidores a pedirem demissão.

Sentindo-se “perseguidos”, alguns desses comissionados procuraram o secretário de Articulação Política, Tatá Teixeira, na tarde desta 3ª feira, 11.

Até o momento, porém, não houve solução para o impasse.

A reportagem procurou a assessoria da Prefeitura de Aparecida em busca de esclarecimentos sobre o caso e aguarda retorno.

Einstein e os transtornos causados a Mendanha


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida? NOSSO NÚMERO MUDOU!

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Mande uma mensagem para o Whatsapp da Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Aparecida”.

Comentários do Facebook