Primo do prefeito de Aparecida, Aurélio Mendanha ganha destaque em projeto da Polícia Civil | Foto: Divulgação/PC-MT
Primo do prefeito de Aparecida, Aurélio Mendanha ganha destaque em projeto da Polícia Civil | Foto: Divulgação/PC-MT

Primo do prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, o policial civil Aurélio Mendanha da Silva ganhou destaque na mídia após participar de um projeto inovador em Água Boa, a 736 km de Cuiabá (MT).

Em parceria com o delegado Gutemberg Almeida, eles construíram um terminal de autoatendimento para registro de ocorrências na zona rural da cidade.

O equipamento foi construído com materiais descartados da delegacia, como gabinetes, computadores, monitores, mouses e teclados da Delegacia de Água Boa.

Cabine de Auto Atendimento idealizado por agentes da Delegacia de Água Boa | Foto: Divulgação/PC-MT
Cabine de Auto Atendimento idealizado por agentes da Delegacia de Água Boa | Foto: Divulgação/PC-MT

A Unidade de Auto Atendimento foi o meio encontrado para proporcionar aos moradores do Assentamento Jaraguá o acesso ao site da Delegacia Virtual, permitindo assim os registros de boletins de ocorrências on-line, além da formulação de denúncias.

De acordo com a Polícia Civil, o projeto foi idealizado a partir da análise de dados obtidos na pesquisa de mestrado em Sociologia do investigador Aurélio Mendanha.

A pesquisa tinha como foco entender por que moradores dos assentamentos rurais de Água Boa tendem a não registrar ocorrências criminais.

Foi então que os pesquisadores identificaram que parte do problema é a distância geográfica dos lotes em que as pessoas residem até a delegacia do município.

Segundo eles, a situação ainda foi agravada pela condição de isolamento social causado pela pandemia do novo coronavírus.

Mais destaque

Cadeira de rodas construída com peças de bicicleta apreendida | Foto: Aurélio Mendanha
Cadeira de rodas construída com peças de bicicleta apreendida | Foto: Aurélio Mendanha

E essa não foi a 1ª vez que Aurélio Mendanha teve destaque pelas suas iniciativas na Polícia Civil.

Em 2017, Aurélio e o colega Dionelsio Reis idealizaram uma iniciativa para converter bicicletas apreendidas pela Delegacia de Água Boa em cadeiras de rodas.

Os objetos foram doados para instituições filantrópicas que atendem pessoas com deficiência na região.

Mendanha adverte que fechará comércios se houver desrespeito ao decreto em Aparecida


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook