Os 6 policiais com maiores chances de se elegerem por Goiás em 2018

Veja quem são os policiais goianos com chances de se elegerem em Goiás em 2018 | Foto: Montagem
Veja quem são os policiais goianos com chances de se elegerem em Goiás em 2018 | Foto: Montagem

Mesmo antes das convenções partidárias, que ocorrerão no final do mês, alguns nomes já despontam como favoritos para a disputa eleitoral em Goiás em 2018.

O Folha Z já divulgou os principais nomes de candidatos militares que aparecem bem colocados em pesquisas recentes de intenções de votos em Goiás.

Agora é a vez dos policiais civis. Apesar de não vestirem farda, vários deles têm atuações com repercussão em amplos setores da população.

Em Goiás, tem candidatos a deputado estadual, deputado federal e até governador dentro das forças policiais.

Unifan Bolsas de até 70% – 300×250

Confira na sequência os policiais civis com maiores chances de serem eleitos no Estado em outubro de 2018.

⚫⚫⚫ Deputado Estadual ⚫⚫⚫

1⃣ Delegado Humberto Teófilo

Delegado Humberto Teófilo | Foto: Reprodução / Redes Sociais
Delegado Humberto Teófilo | Foto: Reprodução / Redes Sociais

Com base eleitoral em Inhumas e na Grande Goiânia, o delegado Humberto Teófilo é forte pré-candidato a deputado estadual pelo PSL.

Com 33 anos de idade e 8 anos de atuação na Polícia Civil, ele disse ao Folha Z que terá como carro chefe a Segurança Pública.

O delegado, porém, também promete destacar em sua campanha o combate à corrupção e a renúncia a regalias.

Humberto foi transferido de Inhumas para Goiânia em 2018 em uma ação que foi considerada “política” por apoiadores do delegado.

A transferência ocorreu depois de investigações contra políticos políticos da cidade, até mesmo por tráfico de drogas.

Caso eleito, afirma que atuará para dar uma estrutura melhor para o policial civil, militar, bombeiro e agente prisional.

2⃣ Delegado Cristiomário

Delegado Cristiomário (PSL) em caminhada durante transferência presos em Planaltina, em 2015 | Foto: Reprodução
Delegado Cristiomário (PSL) em caminhada durante transferência presos em Planaltina, em 2015 | Foto: Reprodução

Delegado Cristiomário ficou famoso após transferir 20 presos a pé da delegacia até o presídio de Planaltina em 2015.

Ele tem representação no nordeste e norte goiano, além do Entorno do Distrito Federal.

Sua posição é de oposição ao governo do Estado, que, segundo ele, “foi omisso em relação à região do Entorno”.

Com 46 anos, Cristiomário tem 4 anos de atuação como delegado em Goiás, além de outros 12 como escrivão de polícia.

Seu partido também é o PSL, que terá uma chapa focada na Segurança Pública, com Jair Bolsonaro à Presidência e Delegado Waldir à Câmara dos Deputados.

Esse foi, inclusive, um dos motivos que o fez optar pelo partido. Na sigla, Cristiomário acredita precisar de 12 mil votos para se eleger.

3⃣ Delegada Adriana Accorsi

Delegada Adriana Accorsi (PT) | Foto: Y. Maeda
Delegada Adriana Accorsi (PT) | Foto: Y. Maeda

A Delegada Adriana Accorsi foi a primeira deputada estadual do PT eleita na história do Estado de Goiás com 44.424 votos.

Natural de Itapuranga, Adriana é filha do ex-prefeito de Goiânia Darci Accorsi.

Ela teve uma carreira de mais de 15 anos na Polícia Civil antes de ser eleita para a Assembleia Legislativa.

Seu grande desafio para se manter deputada estadual por Goiás em 2018 será superar a rejeição encarada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) em todo o Brasil, sobretudo em seu Estado.

Ela foi candidata à Prefeitura de Goiânia em 2016 e ficou em 5º lugar, com 6,73% dos votos.

4⃣ Delegado Álvaro Cássio

Delegado Álvaro Cássio (PROS) | Foto: Reprodução
Delegado Álvaro Cássio (PROS) | Foto: Reprodução

Álvaro Cássio dos Santos, 58 anos, é natural de Itapuranga e registra uma carreira de quase 40 anos na Polícia Civil de Goiás.

Ele foi delegado-geral da PC por dois anos, tendo saído do cargo em fevereiro de 2018.

Além disso, tem em seu currículo atuações como delegado regional em Aparecida de Goiânia de 2000 a 2011; superintendente de Polícia Judiciária em 2011/2012; delegado geral adjunto em 2012; e delegado regional em Anápolis entre 2012 e 2016.

Casado e pai de três filhos, Álvaro disputará eleição de deputado estadual pelo PROS destacando que “Segurança Pública tem jeito”.

??? Deputado Estadual ???

5⃣ Delegado Eduardo Prado

Delegado Eduardo Prado (PV) | Foto: Reprodução/ Câmara
Delegado Eduardo Prado (PV) | Foto: Reprodução/ Câmara

O vereador Eduardo Prado (PV) pode surpreender em campanha a deputado estadual.

Ele tem 39 anos e ganhou fama em Goiânia com sua atuação marcante na Delegacia do Consumidor, DENARC e Força Tarefa que prendeu o Serial Killer Tiago Henrique Gomes da Rocha.

É formado em Direito pela Universidade Federal de Goiás, especializado em Direito Constitucional, Direito Administrativo e Criminologia/Segurança Pública.

Eduardo é filho do ex-vereador por Goiânia Valdir do Prado, falecido no início de 2018.

Sua atuação nas CEI das Obras Paradas, da SMT e investigações de irregularidades no Poder Executivo o evidenciaram como um parlamentar expoente.

Neste ano, o delegado foi eleito “Vereador Destaque de 2017” pelo Clube de Repórteres Políticos do Estado de Goiás.

Delegado Eduardo Prado afirma que será a voz da Segurança Pública na ALEGO; lutará pela melhoria dos subsídios dos Servidores, além de propor projetos que auxiliem no Combate ao Crime em Goiás.

A fiscalização do Poder Executivo e o combate à corrupção será uma de suas bandeiras.

Eduardo Prado é um dos políticos expressivos nas redes sociais. Hoje está com mais de 200 mil seguidores.

6⃣ Delegado Waldir Soares

Deputado federal Delegado Waldir Soares (PSL) | Foto: Folha Z
Deputado federal Delegado Waldir Soares (PSL) | Foto: Folha Z

Com recordes de votações em Goiás, Delegado Waldir Soares tentará a reeleição para a Câmara dos Deputado por Goiás em 2018 pelo PSL.

Ele teve mais de 270 mil votos em 2014 e embarcou de corpo e alma na campanha do colega Jair Bolsonaro à Presidência da República.

Em entrevista ao Folha Z ainda em outubro de 2017, o delegado já apontava que seu apoio em 2018 seria para Bolsonaro e para Ronaldo Caiado, este último pré-candidato ao Governo de Goiás.

“O país tem que passar por disciplina e hierarquia”, destacou o parlamentar.

Ainda pelo PR, Waldir Soares foi candidato à Prefeitura de Goiânia em 2016 e obteve 71.727 votos, o suficiente para deixá-lo em 3º no pleito, atrás de Iris Rezende e Vanderlan Cardoso.

——————————————————–

Quer acompanhar a cobertura política mais analítica de Goiás? Então não deixe de seguir o Twitter do Folha Z.