Prefeito de Caldas Novas tem bens bloqueados

Magal teve R$ 2,1 milhões em bens bloqueados
Magal teve R$ 2,1 milhões em bens bloqueados

O prefeito de Caldas Novas, Evando Magal (PP), teve seus bens patrimoniais, no valor de R 2.115.351,75, bloqueados. A medida foi determinada pelo juiz Tiago Luiz de Deus Bentes a pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO).

Esta medida tem alcance de aeronaves, embarcações, além de bens imóveis de Magal. Ele também não poderá fazer transferências de nenhum veículo automotor em seus nome. Tanto os cartórios de registros imóveis, quanto a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Marinha serão notificadas sobre a decisão.

A decisão foi tomada, pois segundo a promotoria, Magal teria adulterado conteúdo da Lei Municipal nº 1.300/2004. O objetivo foi, com intuito de regularizar áreas ocupadas por famílias carentes, desafetar e autorizar doação de três áreas institucionais e sete áreas verdes. O prejuízo seria de $ 2.115.351,75.

Comentários do Facebook