Pressão do funcionalismo motiva governo Marconi a mudar os critérios de pagamento

Ana Carla Abrão, secretária da Fazenda
Ana Carla Abrão, secretária da Fazenda

Depois de três meses de parcelamento de salários do funcionalismo público, o governador Marconi Perillo (PSDB) anunciou nessa segunda-feira (27) que vai pagar os servidores integralmente.

Agora, os servidores estaduais que ganham até R$ 3,5 mil receberão até dia 31 de julho e o restante, os que recebem acima desse valor, terão o vencimento somente no dia 10 de agosto.

De acordo com a secretária da Fazenda, Ana Carla Abrão, a pressão dos servidores motivou a mudança dos critérios de pagamento. Ela afirmou que essa foi uma das grandes reclamações dos funcionários. “Nesse momento de crise nós temos que priorizar as pessoas que tem salários menores”, frisou.

Ana Carla ressaltou ainda que todos os pagamentos serão feitos integralmente. “A única diferença é o que os que ganham menos receberão antecipadamente e os que tem salários maiores receberão até o dia 10 de agosto”, explicou.

Embora a Constituição Federal estipule que a data de pagamento dos funcionários tenha que ser feita até o quinto dia útil posterior ao mês trabalhado, a secretária garantiu que a Constituição Estadual permite o pagamento até o 10º dia do mês subsequente ao trabalhado. “Está dentro da lei,” concluiu.

 

Comentários do Facebook