Professor Alcides vai ao ministro da Educação questionar corte de verbas

"Vamos trabalhar para reverter essa situação", disse

Deputado federal Professor Alcides pretende se reunir com o ministro Abraham Weintraub para debater cortes no Ministério da Educação (MEC) | Foto: Valdemy Teixeira
Deputado federal Professor Alcides pretende se reunir com o ministro Abraham Weintraub para debater cortes no Ministério da Educação (MEC) | Foto: Valdemy Teixeira

O deputado federal Professor Alcides pretende se reunir com o ministro Abraham Weintraub para debater cortes do Ministério da Educação (MEC) nas verbas para as universidades, institutos federais e para a educação básica.

Uma audiência estava marcada para a noite desta quinta-feira, 9, mas foi cancelada.

O MEC já fez bloqueios de R$ 5,7 bilhões, o que representa cerca de 23% de seu orçamento discricionário (não obrigatório), cortando verbas direcionadas a todas as etapas da educação.

O congelamento de recursos compromete R$ 2,1 bilhões das universidades.

No caso da educação básica, o contingenciamento chega a R$ 914 milhões em políticas específicas para seu desenvolvimento.

Nos institutos federais, a tesourada chegou R$ 860,4 milhões dos cerca de R$ 2,6 bilhões de orçamento discricionário.

Educador há mais de 40 anos e hoje membro da Comissão de Educação da Câmara Federal, Alcides está preocupado com a situação.

Ao ministro, ele quer mostrar sua preocupação com os cortes e pedirá a retomada dos investimentos assim que o governo voltar a arrecadar o esperado.

“Vamos trabalhar para reverter essa situação. Podem ter certeza que iremos trabalhar nos bastidores para que o recurso seja reposto e não haja prejuízo para a nossa educação”, disse o deputado.

Previdência: vereadores entregam Moção de Repúdio ao Professor Alcides


Acompanhe o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook