PL visa proibir a venda de filhotes e Goiânia | Foto: Reprodução
PL visa proibir a venda de filhotes e Goiânia | Foto: Reprodução

Foi aprovado na Câmara de Vereadores de Goiânia um Projeto de Lei que proíbe totalmente a venda de filhotes de cachorros e gatos com menos de 8 meses de vida.

O PL 248/2018, de autoria de Zander Fábio (Patriota), foi votado durante sessão ordinária na 3ª feira (1).

Segundo o vereador, o objetivo é coibir práticas de abuso de fêmeas exploradas como matriz de procriação, além de evitar a separação precoce entre os filhotes e da mãe.

Além disso, a norma também busca estimular a adoção de animais de abrigos.

“Com esta medida, espera-se que mais pessoas busquem adotar cães e gatos dos abrigos que resgatam e assistem animais carentes. A ideia é também fazer com que esta lógica comercial perversa, ainda tão forte no mundo inteiro, não prejudique ainda mais a saúde e o bem-estar dos bichos”, justificou Zander.

Discordância

Mas nem todos os parlamentares concordaram com a medida.

Para o vereador Milton Mercez (Patriota), o PL não deve ser sancionado pelo prefeito Iris Rezende (MDB).

“Sou contra o prejuízo que a proibição pode causar aos proprietários das casas agropecuárias que não podem esperar oito meses para a venda dos animais. Estou desde 1988 no Parlamento e sei que vai ser vetado pelo prefeito. O que deve acontecer é a devida e correta fiscalização por parte do Executivo”, afirmou.

LEIA MAIS 👉 Calor pra cachorro! Confira as MELHORES DICAS para refrescar seu pet


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook