Projeto autoriza taxista cobrar bandeira 2 em tempo integral

Projeto foi aprovado no plenário da Casa
Projeto foi aprovado no plenário da Casa

Por 23 votos favoráveis, a Câmara Municipal de Goiânia aprovou em segunda e última votação, o projeto de lei do vereador Edson Automóveis (PMN) que autoriza os motoristas de táxis da capital a utilizar bandeira 2, em tempo integral, no mês de dezembro de cada ano. O projeto agora será encaminhado ao prefeito Paulo Garcia para sanção ou veto.

O parlamentar garantiu que o prefeito lhe prometeu sancionar o projeto. Dezenas de taxistas lotaram as galerias da Casa para acompanhar a votação.

Atualmente, a bandeira 2 só é aplicada das 20 horas às seis horas da manhã (de segunda sexta-feira),  e sábados e domingos, das 13 horas até 6 horas de segunda-feira, bem como nos feriados.

Aumento de 25%

Pelo projeto, ela será aplicada em tempo integral, em dezembro, com os valores passando de R$ 2,52 (bandeira 1) para R$ 3,15 por quilômetro rodado. Ou seja, um incremento de 25%.

O presidente do Sindicato dos Taxistas de Goiânia, Silone Antonio dos Santos Pacheco, destacou a importância da mudança para o taxista da capital. “Essa mudança vai representar um décimo terceiro salário para a categoria”, comemorou.

Comentários do Facebook