Vereador Thiago Albernaz propõe obrigação de tela em todo possível vetor de Aedes aegypti

Vereador Thiago Albernaz (PSDB)
Vereador Thiago Albernaz (PSDB)

Preocupado com os perigos à saúde relacionados com o mosquito Aedes aegypti, o vereador Thiago Albernaz (PSDB), apresentou nesta quarta-feira (2/3) projeto que obriga todo imóvel localizado em Goiânia a colocar tela de proteção em todo recipiente que sirva para armazenamento ou que acumule água.

Segundo o Ministério da Saúde, o mosquito é vetor de mais de 100 vírus diferentes. A epidemia de microcefalia associada ao zika vírus, transmitido pelo mosquito, chegou a Goiás e preocupa não apenas os goianos, mas até mesmo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

“A medida é simples, mas muita gente não faz. Pode contribuir muito com o trabalho de combater a proliferação do mosquito em Goiânia, por isso tem de virar lei e vamos cobrar que haja fiscalização”, afirma Albernaz.

As telas de proteção deverão ser de nylon ou de material similar resistente ao tempo e serão utilizadas para tampar caixas d’água, tambores, piscinas sem uso, pilhas de pneus, ralos de escoamento e até mesmo recipientes que tenham tampa.

LEIA MAIS: Base de Maguito afunila em três nomes e escolha deve sair até o final do mês

Em sua justificativa, o vereador cita o fato da epidemia que assola o país de doenças transmitidas pelo Aedes, como a dengue, chikungunya e o zika vírus. Assim, o projeto apresentado visa exterminar possíveis focos onde o mosquito possa se reproduzir, obrigando a população ajudar no combate, “pois somente o poder público, através de campanhas e visitações dos agentes de saúde, não conseguirá pleno êxito”, diz a justificativa do projeto de lei.

Comentários do Facebook