Sebastião Reis | Foto: Arquivo Pessoal
Sebastião Reis | Foto: Arquivo Pessoal

“O PSL ficou pequeno demais em Aparecida. Ele poderia muito mais.”

A afirmação é do ex-vice-presidente municipal da sigla, Sebastião Reis.

Na última 5ª feira (2), a direção do partido anunciou que ele seria substituído por Luiz Rêgo no cargo.

À reportagem, Sebastião explicou que sua saída foi motivada por um desentendimento em relação à estratégia da formação da chapa de pré-candidatos à Câmara.

“Eu queria nomes de peso no partido, para aproveitar o bom momento e eleger 3 vereadores. O cenário não será tão bom assim em 2022”, disse.

Segundo ele, esse não foi o caminho adotado pela executiva do PSL Aparecida, que optou por um teto de votos mais baixo e pré-candidatos com menos expressão.

“PSL ficou no passado. Vou entrar em outro partido, tenho convite para o PSD, mas não serei candidato em 2020”, finalizou.

Mudança na executiva do PSL Aparecida


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida? NOSSO NÚMERO MUDOU!

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Basta clicar aqui para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

Comentários do Facebook