PV fecha com a base de Iris e atrai dezenas de pré-candidatos

Kolwalsky Ri­beiro, advogado do MDB, assumiu o comando do PV na capital. Projeção do partido é eleger 3 vereadores

PV fecha com a base de Iris e atrai dezenas de candidatos
Cristiano Cunha, Kolvaski Ribeiro e Iris Rezende | Fotomontagem: Folha Z

Faltando poucas horas para encerrar o prazo de filiações para quem pretende se candidatar, o Partido Verde (PV) fecha acordo com o MDB em Goiânia.

É o que afirma o presidente estadual da sigla em Goiás Cristiano Cunha.

Kolwalsky do Carmo Ri­beiro, advogado do MDB, assumiu o comando do PV na capital.

“Selamos essa parceria e vamos apoiar a reeleição de Iris Rezende. A chapa do PV de pré-candidatos será completa, 53 membros. O número de mulheres é mais do que o suficiente”, disse Cunha à reportagem.

3 vereadores

Cristiano ainda destacou que essa união abre projeção de fazer uma bancada com no mínimo 3 vereadores.

De acordo com ele, “o teto máximo é 2 mil votos e o partido não aceita vereador”.

Segundo interlocutores do MDB, cerca de 20 pré-candidatos com peso de mil votos, da base governista, que tinham restrição a outros partidos, irão disputar as eleições pelo PV.


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook