Representantes de bares, restaurantes, academias e feiras são recebidos por Luziano da Costa na Prefeitura de Aparecida | Foto: Folha Z
Representantes de bares, restaurantes, academias e feiras são recebidos por Luziano da Costa na Prefeitura de Aparecida | Foto: Folha Z

Feirantes se comprometeram a elaborar uma cartilha com normas de segurança para o retorno total das atividades em Aparecida de Goiânia.

Eles fizeram uma manifestação na manhã desta 3ª feira (16), demonstrando contrariedade ao escalonamento das feiras na cidade.

Após reunião de representantes da categoria com assessores da prefeitura, um novo encontro para apresentação da proposta foi marcado.

A audiência será na próxima 6ª feira (19), às 9h, no Paço Municipal.

Assessor do gabinete do prefeito Gustavo Mendanha, Luziano da Costa atuou como intermediário da negociação com os comerciantes.

De acordo com Luziano, a proposta de reabertura das feiras deve demonstrar como o processo será feito de maneira segura, “tanto para os feirantes quanto para os contribuintes”.

“Com o documento formalizado, vamos apresentar para o comitê e, depois da análise deles, vamos dar um retorno para os feirantes”, afirmou.

Até lá, as regras atuais serão mantidas.

O mesmo vale para academias, bares e restaurantes, que só poderão voltar a funcionar, ainda que com capacidade reduzida, caso a medida seja aprovada pelo Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao novo Coronavírus de Aparecida.

Comerciantes

Thiago Conde, dono de uma academia em Aparecida | Foto: Folha Z
Thiago Conde, dono de uma academia em Aparecida | Foto: Folha Z

Um dos interlocutores dos comerciantes que pedem uma flexibilização maior das atividades em Aparecida, Thiago Conde relatou à reportagem que o resultado da reunião foi “positivo”.

Dono de uma academia na cidade, ele disse que os comerciantes de todos os ramos estão se unindo em busca de melhores condições nesse momento de crise: “Além de empresários, todos somos também clientes uns dos outros”.

Nesse sentido, Thiago garantiu que a elaboração da cartilha com regras de segurança já começou a ser elaborada.

“A perspectiva do encontro foi positiva. Anotaram todas as nossas reivindicações e prometeram nos ajudar com a flexibilização”, relatou.

Sobre as academias, Thiago afirmou a expectativa é de reabertura até o final do mês.

Bares e restaurantes, porém, seguem sem perspectiva de retorno.

Manifestação pede reabertura de bares, restaurantes e academias em Aparecida


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook