O verdadeiro motivo da saída de Ezízio da gestão Gustavo

Meio político aparecidense ficou surpreso com o pedido de demissão do ex-vereador Ezízio Barbosa, do MDB, da Secretaria Municipal do Trabalho

Secretário Ezízio Barbosa entrega carta de demissão ao prefeito Gustavo Mendanha | Foto: Reprodução
Secretário Ezízio Barbosa entrega carta de demissão ao prefeito Gustavo Mendanha | Foto: Reprodução

O meio político aparecidense ficou surpreso com o pedido de demissão do ex-vereador Ezízio Barbosa, do MDB, da Secretaria Municipal do Trabalho.

Ele entregou a carta de demissão ao prefeito Gustavo Mendanha alegando a saída da pasta por motivos pessoais nesta quinta-feira, 17.

O Folha Z apurou que saída do ex-vereador se deu por outro motivo.

Ezízio estava insatisfeito na Secretaria do Trabalho. A Pasta, de acordo com auxiliares do prefeito, é engessada, tem pouca autonomia e recursos insuficientes para realizar projetos.

Economia Total Tatico – 300 x 250

Além do mais, ele não gostou de ser transferido para esta secretaria.

Antes de ir para pasta do Trabalho, Ezízio Barbosa comandou a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma).

Pasta muito cobiçada no meio político.

Barbosa ficou na Semma pouco mais de 1 ano. De lá, ele teria sido transferido por influências políticas.

Influência na gestão de Mendanha

Um homem forte da Câmara Municipal de Aparecida estaria por trás desta transferência. O mesmo exercia forte influência na Semma no período em que ela era comandada por Ezízio.

O ex-secretário teria contrariado interesses de um grupo político e acabou sendo indicado para a pasta do Trabalho.

O fato não agradou o ex-vereador, considerado um dos líderes do MDB na cidade.

LEIA MAIS: ‘Não tenho nem mesa’, reclama vereador empossado em Aparecida


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)