Deputado federal João Campos e secretário de Governo de Aparecida, Johnathan Medeiros | Foto: Reprodução
Deputado federal João Campos e secretário de Governo de Aparecida, Johnathan Medeiros | Foto: Reprodução

Secretário Municipal de Governo em Aparecida, Johnathan Medeiros comemorou a decisão liminar do Tribunal de Justiça que permite a realização de cultos religiosos durante o período de lockdown de 14 dias em Goiás.

O pedido foi feito pelo pastor e deputado federal João Campos (PRB), que ficou insatisfeito com a medida implantada pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) e acatada pelo prefeito Iris Rezende (MDB).

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Deputado João Campos (@deputadojoaocampos) em

Sobrinho do deputado, Johnathan disse à Folha Z que a decisão foi acertada.

Para ele, o exercício das atividades religiosas não pode ser proibido.

“Além de um direito, é um consolo para as pessoas nesse tempo difícil”, afirmou.

Aparecida

Em Aparecida, as igrejas não foram incluídas no escalonamento regional e têm regras de funcionamento próprias.

Entre elas, estão o uso obrigatório de máscaras; a medição da temperatura; a disponibilização de local e produtos para higienização de mãos e calçados; o distanciamento mínimo de 2 m entre os membros; a vedação do acesso de pessoas do grupo de risco; e a ocupação máxima de 30%.

Seguindo essas determinações, as denominações religiosas podem funcionar 2 dias por semana, sendo 1 obrigatoriamente aos domingos.

Curado da covid-19, Enoque Neto recebe alta e elogia equipe do HMAP


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook