Temer sugere que empresários ofereçam emprego aos manifestantes

Michel Temer sugere que os empresários abram oportunidades de empregos aos manifestantes| Foto: Agência O Globo
Michel Temer sugere que os empresários abram oportunidades de empregos aos manifestantes| Foto: Agência O Globo

O presidente do Brasil, Michel Temer (PMDB), ironizou as manifestações de centrais sindicais que estão em frente ao Palácio do Planalto desde a segunda-feira em ato contra a reforma trabalhista.

Em cerimônia realizada no Palácio do Planalto, na manhã desta quinta-feira, 27, que sancionou o projeto de lei Crescer Sem Medo, Temer sugeriu que os manifestantes o aplaudiam tocando vuvuzelas e aos presentes que arrumassem empregos para os que estavam protestando.

“Eu verifico que lá fora, aqueles que não puderam entrar para comemorar esse grande ato do governo, com suas vuvuzelas, também aplaudem esse grande momento do governo federal”, disse.

publicidade

Na ocasião, o presidente sugeriu que os empresários presentes dentro do Planalto oferecem emprego aos que estavam protestando do lado de fora.

LEIA MAIS: Governador diz considerar volta de maior prazo para pagamento do IPVA

“Como são muitos dos pequenos empresários, microempresários, médios empresários, parceiros dos cabeleireiros, entre outros que estão aqui, quem sabe quando os senhores saírem, os senhores convidam aqueles que estão lá fora. Porque, se não tem emprego, quem sabe arrumam empregos. É uma forma muito adequada”, destacou o político.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter