Tucano eleito quer Vecci fora da presidência do PSDB

Prisões e derrotas eleitorais obrigam PSDB-GO a renovar liderança. Deputados eleitos cobram reoxigenação do partido, desgastado com os resultados das urnas

Giuseppe Vecci não conseguiu reeleição à Câmara dos Deputados em 2018 | Foto: Reprodução
Giuseppe Vecci não conseguiu reeleição à Câmara dos Deputados em 2018 | Foto: Reprodução

Com um dos piores resultados eleitorais da história recente em Goiás, o PSDB passará por uma grande reformulação no Estado.

Com o grupo marconista enfraquecido após a derrota e Marconi Perillo (ficou em 5º para o Senado) e sua prisão, uma via de renovação está aberta.

O atual presidente regional da sigla, Giuseppe Vecci, perdeu legitimidade, segundo uma ala tucana, e tende a ser substituído.

Ele não conseguiu reeleição à Câmara dos Deputados e, sem mandato, não teria força para comandar o partido.

Unifan Bolsas de até 70% – 300×250

Além de Vecci, também ficarão sem mandato figuras importantes como o ex-governador Marconi Perillo, o atual governador José Eliton e o ex-presidente da Assembleia José Vitti.

Assim, uma reorganização do partido é prevista. Incluindo aí qual será a sua posição dentro do governo de Ronaldo Caiado (DEM).

De 11 deputados estaduais atualmente em sua bancada na Alego, o PSDB passará a ter apenas 6 a partir do ano que vem:

  • Di­e­go Sor­gat­to;
  • Dr. He­lio de Sou­sa;
  • Tal­les Bar­re­to;
  • Lê­da Bor­ges;
  • Ti­ão Ca­ro­ço;
  • e Gus­ta­vo Sebba.
Deputado federal Célio Silveira (PSDB) | Foto: Câmara dos Deputados
Deputado federal Célio Silveira (PSDB) | Foto: Câmara dos Deputados

Substituto de Vecci

Essa eventual troca na presidência estadual, porém, deve ficar para o ano que vem.

Isso porque o governador José Eliton tem pedido parcimônia nesse momento de transição.

Até lá, quem é apontado por membros do partido como possível sucessor de Vecci é Célio Silveira.

Ele foi o único deputado federal do partido eleito em 2018 por Goiás.

Em entrevistas recentes, Célio defendeu que Vecci tenha a iniciativa de se afastar da presidência do PSDB goiano.

“Eu acho que o presidente do nosso partido faria um grande bem ao partido saindo da presidência”, disse ao “Diário da Manhã”.

LEIA MAIS: Zé Eliton pode ser punido por erros do seu antecessor ao entregar o cargo


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)