Venda de filhotes de cachorros e gatos pode passar a ser proibida em Goiânia | Foto: Reprodução

A venda de filhotes de cachorros e gatos pode passar a ser proibida em Goiânia.

Isso dependerá da aprovação de um projeto apresentado nesta quarta-feira, 12, pelo vereador Zander Fábio (Patriota).

De acordo com a proposta, será proibida a comercialização de cães e gatos com menos de oito meses de vida na cidade.

Assim, a justificativa do vereador é a tentativa de incentivar a adoção de animais de abrigos.

Emancipação Aparecida 300×250

Além disso a proposta visa “evitar danos à saúde e ao bem-estar de cães e gatos, muitas vezes submetidos a maus tratos por criadores, visando a venda de filhotes”.

“Precisamos atacar práticas como o abuso de fêmeas exploradas como matriz de procriação, separação precoce dos filhotes da mãe, introdução em ambientes novos e inadequados, além de outras práticas perversas”, explicou o parlamentar.

Vereador Zander Fábio (Patriotas) é o autor do projeto | Foto: Câmara
Vereador Zander Fábio (Patriotas) é o autor do projeto | Foto: Câmara

Sanções

Com a medida, Zander destaca que o filhote só poderá ser entregue com saúde e com as vacinas em dia.

Os estabelecimentos que não cumprirem com a determinação pagarão multa e, em caso de reincidência, poderão perder o alvará de funcionamento.

LEIA MAIS
Ônibus Rosa: aprovado projeto de linhas exclusivas para mulheres em Goiânia


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z
no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)