Vereador afirma que documentação entregue pela secretaria sobre denúncia de desvios não tem critério. Para ele, Neyde Aparecida desrespeitou a Câmara

Vereador Elias Vaz
Vereador Elias Vaz

O vereador Elias Vaz (PSB), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), afirmou que pode acionar judicialmente a secretária municipal de Educação, Neyde Aparecida (PT).

Elias Vaz, em entrevista ao Jornal Opção, rebateu os dados entregues pela Secretaria Municipal de Educação sobre a compra de produtos para merenda escolar da rede municipal de ensino.

O vereador recebeu denúncias de desvios na merenda e acionou a secretária para esclarecer as dúvidas. Elias Vaz declarou que como Neyde Aparecida não entregou a documentação solicitada dentro do prazo e os documentos enviados, segundo o parlamentar, são malfeitos e sem critério, ela não respeitou a Câmara Municipal.

O pessebista solicitou documentos que mostram todos os alimentos que são comprados pela secretaria e o destino de cada um, mas, segundo o vereador, o que foi entregue não tem critério e não há uma discriminação correta.

Comentários do Facebook