Vereador critica reajuste do IPTU e diz que falta gestão na prefeitura

Thiago se posicionou contra reajuste de 25%
Thiago se posicionou contra reajuste de 25%

Mais uma vez a discussão sobre o reajuste do IPTU começa a tomar conta da Câmara Municipal de Goiânia. Desta vez, o projeto da prefeitura enviado a Casa pode aumentar o imposto em 25% de boa parte dos imóveis em Goiânia.

Vereadores já começam a se posicionar contrários ao reajuste, até mesmo parlamentares da base do prefeito, como o peemedebista Clécio Alves.

Thiago Albernaz (PSDB), em entrevista ao Folha Z Online, é um dos vereadores que se mostrou totalmente contra o aumento de 25%. “O prefeito teve quase um ano para refazer o projeto, mas infelizmente, mais uma vez, ele perde a oportunidade de fazer algo que seja de contento do povo goianiense”, ressaltou.

“Falta gestão”

O tucano afirmou que a oposição reprova qualquer aumento acima do índice inflacionário. “Somos contra aumento acima do índice da inflação, seja pra qualquer classe. Acho que ele (Paulo Garcia) não conhece a atual realidade. Vivemos situação de crise econômica e política. O prefeito parece não ter sensibilidade”, frisa.

Para Thiago, o petista comete uma injustiça social com a nova Planta de Valores e a nova alíquota do imposto. O parlamentar garantiu que a “desculpa” de problemas financeiros na prefeitura não é plausível. “Goiânia não tem problemas de arrecadação. Falta é planejamento e gestão”, concluiu.

Comentários do Facebook