Vereador critica redução de expediente nos órgãos municipais e diz que Goiânia está “quebrada”

Vereador Djalma Araújo
Vereador Djalma Araújo criticou redução do expediente nos órgãos municipais

Em requerimento apresentado na Câmara Municipal de Goiânia, o vereador Djalma Araújo (Rede), solicitou ao secretário Municipal de Saúde, Fernando Machado, o retorno do expediente normal da Central de Regulação.

O atendimento ao público proposto pelo parlamentar é de 8 horas diárias. Segundo o vereador, a Central de Regulação está funcionando das 7 as 13 horas, assim como os demais órgãos da Prefeitura de Goiânia, após decisão do prefeito Paulo Garcia para diminuir gastos.

“Reduzir a jornada de trabalho faz parte de uma lamentável realidade, a quebradeira de Goiânia. No entanto, a população não pode mais ser sacrificada e nem mesmo ficar à margem das garantias constitucionais relativas à função do estado quanto aos serviços de saúde”, ressaltou Djalma.

Comentários do Facebook