Youssef afirma que Fernando Collor recebeu R$3 milhões de propina

Fernando Collor, ex-presidente da República e atualmente senador por Alagoas
Fernando Collor, ex-presidente da República e atualmente senador por Alagoas

O doleiro Alberto Youssef informou aos investigadores do esquema de corrupção da Petrobras que o ex-presidente da República Fernando Collor de Melo (PTB), atualmente senador por Alagoas, recebeu R$3 milhões de propina. O dinheiro seria resultante de uma subsidiária da estatal, a BR Distribuidora.

Youssef afirmou que o intermediário da operação foi Pedro Paulo Leoni Ramos, emissário e amigo do ex-presidente.

Collor teria recebido uma comissão de 1% sobre o valor de um contrato de R$300 milhões, assinado em 2012, entre a BR Distribuidora e uma rede de postos de São Paulo.

De acordo com a Polícia Federal, foram encontrados no escritório do doleiro oito comprovantes de depósitos para o senador, que somam R$50 mil.

A assessoria de Fernando Collor informou que ele estava em um voo e não podia falar sobre o assunto. Anteriormente, o ex-presidente negou receber dinheiro ou manter qualquer relação com Alberto Youssef.

Comentários do Facebook