AGORA: Técnico do Vila Nova pede demissão

Márcio Fernandes deixa o clube com a marca de mais longevo à frente do colorado (Foto: Reprodução)
Márcio Fernandes deixa o clube com a marca de mais longevo à frente do colorado (Foto: Reprodução)

Márcio Fernandes não é mais o técnico do Vila Nova. Ele pediu demissão no mesmo dia em que completava um ano no comando da equipe. Os motivos ainda não foram divulgados oficialmente, mas o Vila convocou uma entrevista coletiva para a tarde desta quinta-feira (25) para informar o por que da saída do técnico.

O mais curioso é que o treinador recebeu ainda na noite dessa quarta (24), na vitória por 1 a 0 sobre o Anápolis no Serra, uma placa que comemorava a marca de um ano à frente do colorado, recorde em toda a história do time.

Além do registro, o Vila também dava mostras de que finalmente deslancharia no Campeonato Goiano, com a terceira vitória na competição, chegando a 12 pontos na tabela e sete partidas sem derrota.

Mas as alegrias chegaram ao fim no começo da tarde dessa quinta (25). Márcio pediu seu desligamento do Vila Nova e, como não havia multa rescisória prevista no contrato, ele sai sem que o clube receba quantia alguma.

LEIA MAIS: Neymar quer nacionalidade espanhola

Segundo um dirigente colorado, a saída do treinador foi motivada por uma proposta financeiramente mais vantajosa do futebol paulista.

Histórico

Durante sua passagem pelo Vila, Márcio participou do título da Segunda Divisão do Campeonato Goiano e da Série C do Campeonato Brasileiro, levando o time de volta à Segundona Nacional.

 

Comentários do Facebook