Anápolis e Goiás fazem jogo emocionante. Gols saíram nos acréscimos

Em jogo truncado e recheado de faltas, Anápolis e Goiás empataram em 1 a 1 na noite desta quarta-feira, 8, no Estádio Jonas Duarte. Ambos os times  não conseguiram boa movimentação pelos lados e nem jogadas de criatividade. Pelo meio de campo, as faltas foram protagonistas e não deixaram o jogo fluir. Os gols saíram de bola parada, pelo lado do Anápolis, Igor abriu o placar. Já no Goiás, Léo Gamalho anotou o de empate no último lance.

Com o empate, o Goiás assume a liderança do Grupo A com 8 pontos, mas pode ver a ponta da tabela se distanciar, caso o Vila Nova (que entra em campo na noite desta quinta-feira) vença a Aparecidense e some três pontos, abrindo dois de vantagem na liderança. Já o Anápolis segue na lanterna do grupo B com apenas 3 pontos conquistados. O Galo da Comarca, que trocou a comissão técnica com expectativas de atingir bons resultados, não consegue se encaixar em campo e continua sem vencer na competição.

Na quinta rodada do Campeonato Goiano, o Goiás joga novamente fora de seus domínios. Dessa vez, o Verdão visita o Goianésia, vice-líder do grupo B, no domingo (12) às 17 horas. A partida terá transmissão da Rádio 730 e Tempo Real nas mídias sociais. Já o Anápolis recebe, no estádio Jonas Duarte, o Iporá, terceiro colocado do grupo A, também no domingo, no mesmo horário.

Anápolis e Goias: O jogo foi muito disputado, principalmente no meio de campo. Foram poucos chutes a gol e poucas jogadas de criatividade
O jogo foi muito disputado, principalmente no meio de campo. Foram poucos chutes a gol e poucas jogadas de criatividade | Foto: reprodução SportTV

Jogo pegado 

Os 90 minutos foram recheados de faltas e reclamações. O jogo foi muito disputado, principalmente no meio de campo. Foram poucos chutes  a gol e poucas jogadas de criatividade, nenhum dos times conseguiu lançar uma bola de qualidade para seus atacantes, que ficaram sumidos durante o jogo. Ambas as equipes, e a torcida presente, reclamaram bastante da arbitragem. O Goiás conseguiu se sobresair no primeiro tempo mostrando mais atitude e buscando o jogo, principalmente com o lateral direito Hélder. Já o Anápolis recuou e não conseguiu levar perigo ao gol de Rangel.

Recuperação 

Após um primeiro tempo com poucas jogadas levando perigo, mas com o Goiás claramente tendo mais oportunidades e com maior posse de bola, o Anápolis voltou com outra postura para o segundo tempo. O time retornou do intervalo com mais organização e uma movimentação de qualidade, principalmente pelo meio de campo.

O gol do Anápolis foi após cobrança de falta do lado direito do campo, com belo desvio feito pelo zagueiro Igor
O gol do Anápolis foi após cobrança de falta do lado direito do campo, com belo desvio feito pelo zagueiro Igor | Foto: reprodução SportTV

Bola parada 

O Campeonato Goiano 2017 está sendo marcado por muitos gols de bolas paradas. Na partida desta quarta-feira (8), mais uma vez, ambos os gols saíram com a jogada. O gol do Anápolis foi após cobrança de falta  do lado direito do campo, com belo desvio feito pelo zagueiro Igor. O Goiás também empatou após uma cobrança  de falta pelo lado direito, feita por Walter diretamente na cabeça de Léo Gamalho.

 “Uh, terror, Léo Gamalho é matador” 

Mais uma vez o camisa 9 esmeraldino fez a diferença. Apesar de não ter feito uma grande partida por consequência da falta de criatividade do time, Léo Gamalho cabeceou bonito no último lance do jogo após cobrança de Walter dentro da área. O atacante se isolou na artilharia da competição com cinco gols anotados em quatro jogos disputados.

LEIA MAIS: Neymar e Bruna vão se casar. Jogador já comprou anel e fará pedido domingo

O jogo foi muito disputado, principalmente no meio de campo. Foram poucos chutes a gol e poucas jogadas de criatividade
O jogo foi muito disputado, principalmente no meio de campo. Foram poucos chutes a gol e poucas jogadas de criatividade | Foto: reprodução SporTV

Final Emocionante 

Se durante os 90 minutos de jogo não tiveram emoções, os últimos quatro foram recheados. Os dois gols da partida saíram nos acréscimos. O do Anápolis aos 46 e o do Goiás aos 49 minutos, no último lance do confronto, ambos após cobranças de falta para dentro da área e com os jogadores fazendo desvios decisivos para o fundo das redes.

Problemas 

O técnico Gilson Kleina tem uma grande dor de cabeça para o próximo confronto do Goiás. Durante a última concentração do Verdão antes do jogo, o lateral esquerdo Paulinho sentiu um desconforto  na coxa direita e não foi para a partida. Em seu lugar, Felipe Saturnino assumiu a responsabilidade, mas antes dos 40 minutos de jogo, caiu de mal jeito e torceu o pé esquerdo. Felipe saiu chorando de campo e não conseguiu continuar. Sem opções de lateral no banco, Kleina escolheu o volante Alex Alves para entrar e fazer o papel de lateral.

FICHA TÉCNICA 

Camp. Goiano: 4ª rodada
Jogo: Anápolis 1 x 1 Goiás (Igor, AFC e Léo Gamalho, GEC)
Data: 08/02/2017
Horário: 19h30
Cidade: Anápolis (GO)
Estádio: Jonas Duarte

Árbitro: Eduardo Tomáz
Assistentes: Edson Antônio e Alexandre Hume
4º árbitro: João Francisco de Sá

Cartões amarelos: Felipe Baiano e Marcelo (ANÁPOLIS) Hélder e Bolt (GOIÁS)

GOIÁS: Marcelo Rangel; Hélder, Fábio Sanches, Evérton Sena e Felipe Saturnino (Alex Alves); Pedro Bambu, Victor Bolt (Walter), Léo Sena e Jean Carlos; Carlos Eduardo(Thiago Luis) e Léo Gamalho. Técnico: Gilson Kleina.

ANÁPOLIS: João Vitor; Marcelo, Igor, Valdomiro, Leandro Bulhões; Kim, Neilson(19-Régis), Felipe Baiano; Douglas(17-Ygor), Lucas Sotero(16-Robston) e Rafael Furlan Técnico: Caio Autuori

Fonte: coirmão Portal 730

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook