Artilheiro e treinador do Vila são julgados no STJD

Frontini está confirmado no primeiro jogo da final da Série C
Frontini está confirmado no primeiro jogo da final da Série C

O Vila Nova corria o risco de jogar a final da Série C do Campeonato Brasileiro sem o técnico e um de seus principais jogadores. Mas o torcedor do Tigrão pode respirar aliviado. O artilheiro Frontini e o treinador Márcio Fernandes foram liberados.

Ambos foram julgados devido às expulsões no jogo de volta das quartas de final diante da Portuguesa e poderiam pegar mais de um jogo de gancho.

O comandante e o atacante foram condenados a somente uma partida, que já foi cumprida de forma automática diante do Brasil-RS. Além disso, o clube goiano foi multado em R$ 2 mil devido ao uso de sinalizador por um torcedor, que não foi identificado.

Ainda no primeiro tempo Márcio Fernandes foi expulso após puxar o ombro do quarto árbitro Marcelo Prieto, motivado pela demora na autorização da volta de um jogador ao campo após atendimento médico.

Frontini, por sua vez, fez os dois gols da vitória do time sobre a Lusa, se desentendeu com Hugo, e foi expulso junto com seu desafeto. Com o artilheiro liberado, o único desfalque do Tigrão para a decisão contra o Londrina será o zagueiro Vítor, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Comentários do Facebook