CBF proíbe protesto político durante jogo da seleção em Manaus

cbf-proibe-manifestacao
CBF proíbe manifestação em jogo da seleção |Foto: Pedro Martins/MoWaPress

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) vai reprimir eventuais protestos políticos durante o jogo entre Brasil e Colômbia, pelas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo na Arena da Amazônia, em Manaus (AM), na noite desta terça-feira (6)

A Fifa não permite manifestações políticas e religiosas em partidas oficiais. No Rio, porém, uma decisão judicial permitiu cartazes e faixas de cunho político nas arenas após a retirada de torcedores que protestavam contra o presidente Michel Temer.

LEIA MAIS: Goiana Shirlene Coelho será porta-bandeira do Brasil nas Paralimpíadas

Alguns políticos identificados com o novo governo foram convidados da tribuna de honra. Entre eles está o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que desistiu de viajar a Manaus para assistir ao jogo.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

 

Comentários do Facebook