Clássico Goiás e Vila pode ser realizado longe de Goiânia

Clássico Goiás e Vila não pode ser realizado em Goiânia| Foto: Divulgação
Clássico Goiás e Vila não pode ser realizado em Goiânia| Foto: Divulgação

O Goiás será julgado na próxima quinta-feira, 29, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) devido ao mau comportamento da torcida esmeraldina na partida em que o Verdão enfrentou o Londrina, no Estádio do Café, e pode perder o mando de campo da partida contra o Vila Nova.

A Quarta Comissão Disciplinar da corte puniu o Goiás com a perda de um mando de campo, a ser cumprido com portões abertos fora de Goiânia, e multa de R$10.000 (dez mil reais). A punição seria cumprida no jogo contra o Paraná, nesta quinta (29), mas o time recorreu da decisão.

Agora, novo julgamento será realizado. E, como os próximos jogos em que o Goiás será o mandante após o julgamento serão contra o Paraná e Bragantino, não haverá o tempo de 10 dias para que esses jogos tenham o local alterado. Por isso, a próxima partida que terá o Goiás como mandante vai ser contra o Vila Nova.

Em caso de perda de mando de campo, a Justiça determina que a partida seja realizada a pelo menos 100 km de distância da praça da equipe mandante.

LEIA MAIS: Neymar e Marquezine são fotografados juntos em Barcelona

Entenda o caso

O árbitro Célio Amorim relatou em súmula os problemas ocorridos na arquibancada e a necessidade de paralisação da partida.

“Aos 46′ do segundo tempo houve a necessidade de paralisar a partida em virtude de um tumulto vindo da arquibancada ocorrido entre as torcidas. A paralisação durou cerca de 1′, tempo suficiente para que pudéssemos checar junto ao policiamento as condições de segurança dos torcedores. Após a garantia de segurança por parte do policiamento a partida continuou sem problemas. Ao final o Sr. Aspirante Bruno Franceschet no relatou os fatos ocorridos na arquibancada: “A torcida do Londrina Esporte Clube jogou artefato explosivo na torcida do Goiás Esporte Clube, não feriu ninguém. Após isso a torcida do Goiás efetuou o lançamento de pedregulhos contra a torcida do Londrina, ninguém foi ferido. A policia interviu com granadas de efeito moral que não atingiram nenhum torcedor”, escreveu na súmula.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook