Conheça o Método DeRose

Não se trata de dança ou ginástica, nem de arte, terapia ou mesmo filosofia. Também não é apenas a prática do yoga. O Método DeRose, que tem atraído diversos praticantes em Goiânia, é uma proposta de estilo de vida, que une conceitos e técnicas.

“Quem pratica o método segue conceitos como boa qualidade de vida, boas maneiras, boas relações humanas, boa cultura, boa forma e boa alimentação. Tudo isso é ensinado nas aulas”, definiu o instrutor do Método DeRose da unidade do Setor Bueno, Daniel Tonet, de 33 anos.

A parte prática do método contempla o yoga antigo. “Não usamos o nome para o método apenas de yoga porque é muito mais do que isso. Também temos o objetivo de desmistificar certas ideias que as pessoas têm do yoga. Queremos passar a proposta de força, poder e energia do yoga, por meio de técnicas de respiração, força, alongamento e flexibilidade”, afirma.

Unifan Bolsas de até 70% – 300×250

Quem deseja iniciar na técnica pode se matricular em uma das escolas do método em Goiânia ou experimentar as aulas gratuitas que são realizadas nos domingos, às 10 horas, nos Parques Vaca Brava e Flamboyant. As aulas ao ar livre são uma parceria das escolas do método com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. “A nossa proposta com a aula nos parques é proporcionar às pessoas alguns momentos de satisfação e contato com o método. As aulas são muito boas também porque são realizadas em contato com a natureza”, conta Daniel.

Quem quiser participar das aulas nos parques pode entrar no site do Método DeRose e ter seu colchonete reservado. Se esquecer de reservar também pode participar, mas não terá um colchonete garantido.  Em alguns domingos são realizadas aulas especiais com apresentação pelos instrutores de coreografias do método com música, além de sorteio de mensalidades nas escolas e CDs com a descrição da prática para as pessoas seguirem em casa.

O Método DeRose começou a ser sistematizado pelo brasileiro DeRose, na década de 60. A prática, que teve início no Brasil, já se expandiu pelo mundo todo. Hoje há praticantes em várias regiões da América Latina, nos Estados Unidos e na Europa. Os praticantes costumam dizer que o método não traz benefícios e sim conseqüências de uma filosofia de vida saudável.

Em Goiânia o método existe há 8 anos. Daniel explica que para ser instrutor do estilo de vida é preciso passar por um curso profissional. “O curso é bastante exigente. São 12 anos, mas o instrutor pode começar a dar aulas a partir do segundo ano”, informou. Nas escolas do método em Goiânia é oferecido o curso para instrutor.

Para os praticantes iniciantes, as escolas do Método DeRose oferecem aulas nas quais os alunos entram em contato com técnicas mais simples como reeducação respiratória, técnicas corporais para reforço da estrutura biológica e de administração do estresse. “O aluno aprende a controlar a ansiedade, a descontrair, tanto a parte física como a nervosa, e a se concentrar”, destaca Daniel.

Os conceitos do método são inseridos não só nas aulas práticas, mas também nas atividades complementares que são realizadas por quem está matriculado, como jantares, passeios de bicicleta, viagens, transmissão de filmes e outros. Os preços das mensalidades das aulas variam e custam a partir de R$ 159.

Camila Blumenschein