Corinthians e Palmeiras podem ficar de fora da Libertadores

Gigantes paulistas não concordam com regulamento da Conmebol (Foto: Reprodução)
Gigantes paulistas não concordam com regulamento da Conmebol (Foto: Reprodução)

O ex-superintendente de futebol do Corinthians Andrés Sanches disse que o time Corinthians apoiará o Palmeiras caso o rival decida boicotar a Libertadores da América. A diretoria palmeirense foi informada de que o Allianz Parque pode ser excluído da Libertadores caso exponha patrocinadores.

“O Corinthians vai junto com o Palmeiras. Se o Palmeiras falar que não vai disputar, nós não vamos disputar. O Paulo Nobre sabe que topamos isso”, disse Andrés ao programa Mesa Redonda, da TV Gazeta.

O regulamento da Conmebol proíbe que uma marca que não seja ligada à Conmebol seja exposta em estádios participantes da competição. E a Allianz, que dá nome à casa do Palmeiras, não patrocina a entidade máxima do futebol sul-americano.

LEIA MAIS: Revelação do Goiás aparece com Neymar em mesa de poker na Europa

“Deus queira que o Palmeiras não ceda jamais. Não pode ceder. É um absurdo. A coisa mais ridícula que tem. Isso não existe. Estamos no século XXI. Não é propaganda nova no campo para faturar. É nome de estádio. O nome da minha casa. Não tem cabimento”, disse o corinthiano.

Precedente

Como argumento a seu favor, o Palmeiras destaca que, no ano passado, o Boca Juniors pôde expor a marca da Gatorade na divisão das arquibancadas. Fato ocorrido nas oitavas de final contra o River Plate.

“Existem estádios da Libertadores que têm propriedades de patrocinadores que foram autorizadas. Eles vão analisar caso a caso”, explicou o gestor do departamento de arena do Palmeiras, Guilherme Lipi.

Comentários do Facebook