‘Foi um assalto’, diz Sérgio Rassi sobre clássico

No último sábado (25), Vila Nova e Goiás não saíram do empate em 1 a 1, no estádio Serra Dourada. Mas, como em todo clássico, não faltaram polêmicas, principalmente envolvendo o trio de arbitragem.

Veja os principais momentos de Vila Nova e Goiás no vídeo ao lado.

Depois da partida, presidente esmeraldino Sérgio Rassi reclamou muito de lances que teriam sido determinantes para o resultado final. “Alguma coisa nós temos que fazer porque isso que aconteceu aqui é um assalto. O jogo foi até parelho, em condições semelhantes. Qualquer um que ganhasse poderia ter o resultado justo a seu favor, mas não dessa forma”, disse.

As jogadas controversas foram um pênalti no primeiro e um impedimento aos 41 da etapa final. Ambos prejudiciais ao Goiás. O atacante Rossi, autor do gol do Verdão, também reclamou do árbitro da partida.

“Foi nítido o pênalti no primeiro tempo. O cara tocou no meu pé esquerdo, quando eu já tinha passado dele. Foi absurdo o impedimento que ele deu no segundo tempo. Foi absurdo também os acréscimos que ele deu. Mas não adianta brigar depois que o juiz apita. Temos de brigar apenas dentro de campo”, afirmou.

Rossi

Rossi também comentou outro acontecimento que marcou negativamente a partida: o desentendimento entre o goleiro esmeraldino Renan e o atacante rubro-negro Frontini nos instantes finais de jogo.

LEIA MAIS: Justiça penhora renda de bilheteria do Vila Nova para quitar dívida

“Eu nem vi o que aconteceu. Saí chateado pelo empate e fui rapidamente para o vestiário. Falaram que o Frontini cuspiu no Renan. Vai ter o jogo de volta e o Frontini tem de ficar esperto, porque jogador profissional não pode fazer isso, ficar cuspindo no adversário, no companheiro de trabalho. O Frontini tem de jogar futebol, fazer gol, que é uma coisa que ele não faz há muito tempo”, disse.

Sequência

Com o resultado, o Vila permanece com um ponto a mais e uma posição à frente do Goiás na tabela da Segundona. Enquanto o Tigrão é o 14º colocado e tem 14 pontos, o Verdão é 15º e soma 13 tentos.

Na sequência do campeonato, o Goiás encara no Serra Dourada o Paysandu na terça-feira (28), às 21h30. Mais cedo, às 19h15, o Vila vai até o Estádio da Ressacada fazer frente ao Avaí.

Comentários do Facebook