Goiás fecha com novo fornecedor de material esportivo. Será o mesmo de Fluminense e Atlético-MG

Presidente executivo do Goiás, Sérgio Rassi, e o diretor de Marketing Elias Júnior assinam acordo com a Dry World (Foto: Reprodução)
Presidente executivo do Goiás, Sérgio Rassi, e o diretor de Marketing Elias Júnior assinam acordo com a Dry World (Foto: Reprodução)

Depois de uma terça-feira (5) de reuniões no Rio de Janeiro, presidente Sérgio Rassi e diretor de marketing Elias Júnior fecharam contrato com a direção da Dry World e a empresa canadense é a nova fornecedora de material esportivo do Goiás.

Além de uma quantidade superior de material em relação ao antigo fornecedor, a Kappa, o Verdão receberá pela primeira vez uma quantia mensal da empresa parceira: R$ 100 mil.

A expectativa é de que o novo uniforme seja estreado na abertura do campeonato goiano contra o Vila Nova, no dia 31 de janeiro.

Dry World

A Dry World foi fundada no Canadá em 2010 e busca expandir seu mercado através do futebol. A empresa já acertou com Atlético Mineiro e Fluminense e escolheu o Goiás para ser sua vitrine na Região Centro-Oeste do Brasil. A fábrica da marca no país é localizada no Paraná.

Novos uniformes elaborados pela Dry World para o Fluminense em 2016 (Foto: Divulgação)
Novos uniformes elaborados pela Dry World para o Fluminense em 2016 (Foto: Divulgação)

Kappa

A rescisão com italiana Kappa foi motivada por uma insatisfação do Goiás. A empresa não teria cumprido várias cláusulas do contrato e o rompimento do acordo, portanto, é feito de forma extrajudicial.

Caixa

Uma notícia que não anima os torcedores esmeraldinos é uma retomada das negociações entre o clube e a Caixa Econômica Federal. A tentativa de acertar um patrocínio com o banco já foi travada várias vezes antes pelo presidente Sérgio Rassi.

 

Comentários do Facebook