É hoje que se faz o Vanderlan

Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

É hoje que se faz o Vanderlan | Foto: Reprodução
É hoje que se faz o Vanderlan | Foto: Reprodução

A iminente derrota eleitoral de Vanderlan Cardoso neste domingo deflagrou uma autêntica caça aos responsáveis pelo naufrágio do barco governista. Sobram dedos apontando uns aos outros sem a mínima possibilidade de consenso. Mas nessa hora não tem perdão: o candidato do PSB é o principal culpado pela escolha dos aliados e o rumo dado à campanha, prerrogativas intransferíveis do cabeça de chapa.

A ligação ao governador Marconi Perilo (PSDB) foi péssima em todos os sentidos – o rei da rejeição em Goiânia – entretanto Vanderlan agradeceu inúmeras vezes a contribuição do vice Thiago Albernaz e o oprofissionalismo dos assessores tucanos. Era reta final do primeiro turno, crescimento de quase 10 pontos em uma semana nas pesquisas e a quase certeza de uma grande vitória. Ignorou-se a velha máxima da Fórmula 1: uma coisa é chegar no adversário, a outra é ultrapassá-lo.

publicidade

Outros fatores que puxaram o empresário para baixo: a conturbada relação com a senadora Lúcia Vânia, a ausência de harmonia entre representantes de grupos políticos aglutinados às vésperas do início da campanha e a interferência familiar em decisões que deveriam ser meramente políticas. Também pesou muito a Vanderlan a sua inconsistência partidária, conciliando com a terceira disputa eleitoral consecutiva.

LEIA MAIS: “Iris mente e atenta contra a paz “, diz nota de repúdio de policiais militares

Mesmo com tantos senões, Vanderlan finaliza sua atuação eleitoral de cabeça erguida. Afinal de contas está perdendo para a lenda política chamada Iris Rezende (PMDB). Agora, sim, começa o grande desafio para Vanderlan: preservar o capital político que a disputa lhe assegurou. Ou estabelece parceiros eleitorais com antecedência ou sofrerá nova decepção em 2018. Dinheiro na conta bancária, mesmo em excesso, é apenas um entrave a ser superado em eleição majoritária. O desejo do empresário é um dia chegar ao Governo de Goiás. Não seria demérito algum começar com uma vaga no Congresso Nacional. O amanhã de Vanderlan pode ser construído a partir de segunda-feira, passo a passo, segura e lentamente.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter