Jogador do Goiás bate carro no Setor Bueno às 4h30 da madrugada

Carro do jogador ficou muito danificado (Foto: Leitor)
Carro do jogador ficou muito danificado (Foto: Leitor)

O volante do Goiás Patrick se envolveu em um acidente no Setor Bueno, às 4h30 da madrugada desta terça-feira (29). O atleta bateu o carro em um táxi no cruzamento entre as ruas T-14 com T-36. Apesar de graves danos aos veículos, ninguém ficou ferido.

Imagens enviadas por leitores mostram que o veículo de Patrick, um Hyundai IX35, ficou muito estragado e seu air-bag foi acionado, indo parar na calçada.

O dono do táxi, que não dirigia o veículo no momento do acidente, afirmou que o taxista tinha os faróis apagados e que Patrick transitava em alta velocidade.

Taxista estaria com faróis apagados (Foto: Leitor)
Taxista estaria com faróis apagados (Foto: Leitor)

Álcool

No Facebook, uma mulher que testemunhou o acidente afirmou que Patrick estava embriagado e que isso teria motivado a colisão. Veja o que ela disse:

“Esse é o Brasil, o jogador do Goiás Patrick bateu no táxi e foi embora… depois chega um assessor dele falando que era ele que estava dirigindo… o cara estava bêbado não queria que chamassem a imprensa, foi embora sem fazer o teste de bafómetro porque a polícia só vem se tiver vítima… depois que a imprensa foi embora ele voltou… estava desesperado porque tinha dado um perdido na noiva e ficou super agressivo querendo bater nos taxistas que chegaram para ver… e agora o que fazer… cada um fica com o seu prejuízo???”, acusou.

LEIA MAIS: Homem gol do Goianésia tem potencial para jogar em qualquer time da capital

Goiás

Patrick teria se apresentado normalmente ao treino da manhã nesta quarta-feira no centro de treinamento do Parque Anhanguera. O diretor de futebol do clube Felipe Ximenes afirmou que o Goiás não se pronunciará sobre o caso, já que se trata de um questão particular do jogador.

Comentários do Facebook