Jon Jones admite que era viciado em maconha e álcool

Jon Jones
Jon Jones, ex-campeão dos meio-pesados

Jon Jones quebrou o silêncio. Depois de meses envolto em diversas polêmicas, o agora ex-campeão dos meio-pesados concedeu uma entrevista ao MMA Fighting e abriu o jogo. Contou por tudo que passou e se disse viciado em maconha e álcool.

No papo de quase uma hora, Jon Jones revela coisas pesadas sobre a vida pessoal. Ele admite, por exemplo, que era viciado em maconha e álcool. Fumava a droga de três a quatro vezes por semana, mesmo quando estava em meio a um treinamento para alguma luta. Saia para festas e continuava fazendo tudo isso por se sentir imbatível.

“Demorou para eu ver que tinha um problema. Eu podia cuidar da minha família, ganhar as lutas, podia me esconder do mundo para beber e fumar maconha três a quatro vezes por semana. Estava cuidando bem da minha vida, não achava que tinha um problema. Mas agora que estou sóbrio vejo totalmente que eu tinha um problema. E fico irritado com todas as horas que passei sob influência e todos os dólares que gastei”, relata.

Comentários do Facebook