Justiça bloqueia R$ 192 milhões em contas de dirigentes da Fifa

Joseph Blatter segue afastado do cargo de presidente da Fifa
Joseph Blatter segue afastado do cargo de presidente da Fifa

A Justiça suíça bloqueou US$ 50 milhões (R$ 192,4 milhões) em contas secretas mantidas pela Fifa e seus cartolas.

A informação foi confirmada nesta quinta-feira (17) pelo Departamento de Justiça, no momento em que Joseph Blatter, presidente afastado da entidade, compareceu a uma audiência diante do Comitê de Ética da Casa. Se condenado, o mandatário pode ser banido do futebol.

Segundo os suíços, as contas bloqueadas têm relação direta com as investigações conduzidas nos EUA e que já indiciou 41 pessoas, entre elas Ricardo Teixeira, Marco Polo Del Nero e José Maria Marin, todos cartolas do Brasil. Os três ocuparam a presidência da CBF também.

Os nomes dos correntistas não foram divulgados, mas a Justiça indica que mais de 110 movimentações financeiras estão sob suspeita. “As autoridades americanas pediram documentos relacionados com 50 contas de diferentes bancos, por onde o dinheiro teria circulado”, indicou o porta-voz do Departamento de Justiça suíça, Folco Galli.

Comentários do Facebook