Leandro Damião alega pobreza, mesmo com salário de R$ 650 mil

Leandro Damião quer romper vínculo com o Santos
Leandro Damião quer romper vínculo com o Santos

Apesar de receber salário R$ 650 mil (divididos na carteira de trabalho e em contrato de direito de imagem), o jogador do Santos, emprestado ao Cruzeiro, Leandro Damião se declarou pobre. O atleta anexou um documento no processo, que move contra o clube que tem contrato, com o intuito de convencer o juiz da Vara do Trabalho de Santos a romper seu contrato com o Peixe.

Leandro move uma ação contra o Santos por conta de atrasos de salário. O Cruzeiro, atual clube do atleta, banca cerca de R$ 500 mil das despesas do jogador. Além de Damião, também entraram na justiça contra o Peixe, Arouca, Aranha e Mena – este último conseguiu uma liminar para encerrar o vínculo.

Sem recursos

Apesar disso, estes outros atletas não teriam feito a declaração de pobreza. Damião pediu, no documento, gratuidade na justiça, dizendo não ter recursos para pagar as custas dos processos, além de outros benefícios. Até o momento, a Justiça decidiu nada. Esta ainda aguarda ouvir o Santos no processo.

Comentários do Facebook