Mídias sociais: você realmente sabe usá-las? Saiba os riscos que corre

mídias sociais
mídias sociais

Nos últimos anos avançamos muito em tecnologias capazes de ligar as pessoas em todo o mundo. Informações que antes pertenciam somente a alguns grupos, hoje encontram-se amplamente difundidas ao alcance de bilhões de pessoas através dos computadores, celulares, tablets e outras formas de acesso.

Diariamente, vários blogs, sites e aplicativos são acessados por uma parcela significativa da população e muitos admirados com tudo a sua volta se esquecem de tomar precauções quanto ao uso correto da informação que trafega nas redes. Sem boa administração, esse hábito pode trazer sérias consequências e dissabores.

Mídias sociais | Ricardo Ribeiro é formado em Hotelaria e Turismo pelo Instituto Federal Goiano IFG. Atua como Guarda Civil Metropolitano. Membro da Sociedade Art Decô e do Conselho Comunitário de Segurança. Palestra sobre "Prevenção aos Crimes na Internet" para crianças, adolescentes, jovens e adultos. Agendas: (62) 98423-000 - Mídias: Facebook, Instagram e Twitter: Ricardo Ribeiro / Foto: Ricardo Ribeiro
Ricardo Ribeiro é formado em Hotelaria e Turismo pelo Instituto Federal Goiano IFG. Atua como Guarda Civil Metropolitano. Membro da Sociedade Art Decô e do Conselho Comunitário de Segurança. Palestra sobre “Prevenção aos Crimes na Internet” para crianças, adolescentes, jovens e adultos. Agendas: (62) 98423-000 – Mídias: Facebook, Instagram e Twitter: Ricardo Ribeiro / Foto: Ricardo Ribeiro

Dicas 

1) Ao acessar seus e-mails, procure fazer uma filtragem e, percebendo que existe falsidade no título da mensagem, não abra. Os bancos nunca enviam pedido de senha a você através do e-mail. Quando vierem boletos, tenha o cuidado de ligar na central de atendimento e perguntar sobre o mesmo para se resguardar contra um golpe.

Emancipação Aparecida 300×250

2) Quando visitar sites, observe a segurança do mesmo, procure um cadeado tanto no rodapé desta pagina quanto ao lado da URL da página que você digitou no começo da pesquisa em seu navegador.

3) No Whatsapp, quando receber uma mensagem com conteúdo alarmante e tendencioso, mesmo tendo o nome de uma pessoa logo abaixo se dizendo ser um profissional da área, não a replique, pois não se sabe a veracidade da mesma.

4) No Facebook, tenha o cuidado de não compartilhar toda sua vida, sua rotina diária, onde você costuma frequentar, fotos com a placa do seu carro, pois pessoas mal intencionadas podem estar à espreita. Atualmente, até mesmo a Receita Federal cruza dados entre o que a pessoa declarou em seu imposto de renda com as postagens no Facebook.

5) Quando participar de entrevistas de emprego, seja sincero, pois numa consulta destas empresas ao seu Facebook, Twitter, Linkedin, Google+, poderão descobrir que as informações não estão batendo.

6) Em grupos criados no Whatsapp, procure não se envolver em polêmicas colocando suas opiniões pessoais com muita veemência, tenha o cuidado em saber que são várias pessoas com posicionamentos diferentes e que a harmonia deve prevalecer.

LEIA MAIS: 22 dicas para sobreviver a um assalto em Goiânia

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter