Palmeiras é acusado de dar calote de R$ 250 mil

Weldinho com a camisa do Palmeiras
Weldinho com a camisa do Palmeiras

O lateral direito Weldinho, que jogou no Palmeiras em 2013 e não teve uma boa passagem no clube paulista, cobra uma parcela de R$ 250 mil do time. A empresa que administra os direitos econômicos do jogador acusa o Verdão de calote.

O acordo previa que o Palmeiras pagasse ao jogador quatro parcelas de R$ 250 mil, cada uma paga no dia 20 de maio de cada ano. Ou seja, a quitação seria feita apenas em 2016.

As duas primeiras parcelas foram pagas no prazo, mas segundo a Pro Futebol, a referente a este ano não foi acertada. A empresa ingressou com uma ação de execução na Justiça exigindo R$ 258.889,50, referente ao valor, mais os juros. O clube paulista ainda não foi notificado.

Atualmente, Weldinho está no Oeste, clube que disputa o Campeonato Brasileiro Série B.

Comentários do Facebook