Para combater o estresse

Atividades físicas podem ser um ótimo remédio para se livrar das tensões do dia a dia

Por Francisco Costa

O estresse é uma doença dos tempos modernos. Segundo informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), 90% da população mundial sofre com esse mal, que pode ocasionar outros problemas, como aumento de risco de doenças do coração, ganho de peso, dentre outras coisas.

Morgana explica que quando a pessoa pratica o exercício, está liberando várias substâncias na corrente sanguínea que aumentam a sensação de bem estar e prazer
Morgana explica que quando a pessoa pratica o exercício, está liberando várias substâncias na corrente sanguínea que aumentam a sensação de bem estar e prazer

Porém, uma das maneiras de combater este problema são os exercícios físicos. Segundo a professora de educação física e personal trainer, Morgana Damasceno Oliveira e Silva, 27 anos, exercícios físicos podem ser grandes aliados no combate às tensões diárias. “Além disso, a prática regular de atividades físicas melhora o condicionamento cardiovascular, evita a obesidade, o sedentarismo e uma série de doenças”.

Morgana explica que quando a pessoa pratica o exercício, está liberando várias substâncias na corrente sanguínea que aumentam a sensação de bem estar e prazer. “A principal é a endorfina, substância produzida pelo cérebro durante e pós-exercício físico, reduzindo o estresse e a ansiedade, aliviando as tensões”.

Segundo a personal, muitos a procuram por esse motivo. Além os exercícios, Morgana aconselha o “estressado” a manter uma alimentação correta, que oferece todas as vitaminas necessárias para o bom funcionamento do corpo. “Com isso, os níveis de estresse terão uma redução expressiva”.

Dicas

Para a professora, é importante que a pessoa procure fazer algo que realmente goste. “Assim terão prazer em praticas”, garante.

Para ela, também é preciso buscar atividades físicas que tragam não só benefícios corporais, mas também que permitam o aumento do circulo social e convivência, de compartilhamento de objetivos, aflições, soluções e respostas para as mais variadas situações que a vida apresenta.

Dança

O administrador Josiel Bastos de Araújo também encontrou uma atividade física que gosta para combater o estresse: a dança. “Sempre tive paixão pela música e pelas artes. Aos 17 anos fui aconselhado por uma amiga a fazer aulas técnicas. Percebi que tinha aptidão. Encontrei algo que realmente me fazia bem”.

Josiel explica que antes da dança tinha vários problemas relacionados ao estresse. “Já fui diagnosticado com gastrite, até mesmo tive úlceras. Isso causado pelo estresse, pela sobrecarga de trabalho. Encontrei na dança alívio para essa sobrecarga. Até mesmo mental”.

Para o administrador, as atividades físicas realmente aliviam as tensões do dia a dia. “Acredito que as atividades físicas, além de evitar o stress, trazem equilíbrio emocional as pessoas. Traz disciplina, qualidade de vida, entre outros fatores”, diz Josiel e completa: “Quando saio do trabalho e sigo em direção a academia de dança, quando troco o sapato pelas sapatilhas, ou mesmo descalço, quando a música começa a tocar e o corpo começa a movimentar é como se todo o estresse fosse deixado para trás. Sinto entrar numa outra dimensão, de liberdade, domínio, poder, graça, emoção”.

Como combater o estresse do seu jeito

Hugo Oliveira, 27 anos, pratica Muay Thai três vezes por semana

João Neto, 40 anos, faz ciclismo de montanha e trekking três ou quatro vezes por semana

Laís Monteiro Rodrigues Loureiro, 26 anos, faz musculação e exercícios aeróbicos cinco dias por semana

Katiúscia Pessoni, 29 anos, pratica Muay Thai cinco vezes por semana

Augusto César Magalhães de Souza. 25 anos, faz musculação três vezes por semana e judô uma vez

Comentários do Facebook