Para jornalista do SporTV, Walter não consegue nem mais jogar pelada

Comentarista do SporTV Carlos Cereto | Foto: Reprodução/SporTV
Comentarista do SporTV Carlos Cereto diz que Walter não tem forma física para disputar nem pelada | Foto: Reprodução/SporTV

Após a queda de Marcelo Cabo do comando técnico do Atlético-GO, o clima pesado ainda impera no Dragão devido ao péssimo início no Campeonato Brasileiro. Para alguns analistas esportivos, a atuação do atacante Walter, jogador mais caro do elenco, também merece críticas.

A opinião é compartilhada pelo comentarista do SporTV Carlos Cereto. Após a derrota para o Bahia por 3 a 0, na noite da última segunda-feira, 5, Cereto afirmou que o atleta não tem condição de entrar em campo na atual forma física.

Para jornalista, Walter não tem condições nem para jogar pelada de casados x solteiros | Foto: Divulgação/ACG
Para jornalista, Walter não tem condições nem para jogar pelada de casados x solteiros | Foto: Divulgação/ACG

“O Walter não dá mais para jogar com a barriga daquele tamanho. Mas aí vão dizer que é bullying, que o peso do Walter só diz respeito a ele. Não. Diz respeito à torcida do Atlético-GO, a quem paga o salário. É um falta de respeito. Ele não joga em casados x solteiros daquele jeito. Ah, mas o Ronaldo jogou gordo. O Ronaldo era o Fenômeno. O Walter não consegue jogar”, disse.

LEIA MAIS: Analisando retrospecto, jornalista decreta rebaixamento do Atlético-GO em 2017

Diretoria

Para o diretor de futebol do clube, Adson Batista, o caso do jogador é complexo. “Walter tem, sim, problema de peso. Não é mistério. É um problema que temos que administrar internamente. Não vamos expor ninguém, mas é uma realidade que nos preocupa”, disse ao “Globoesporte”.

Brasileirão

O Atlético é o único time que ainda não pontuou na Série A do Brasileiro e ocupa a lanterna da competição. Nas quatro partidas já disputadas, foram quatro derrotas e 11 gols sofridos. O único gol pró do Dragão foi marcado pelo próprio Walter, na estreia contra o Coritiba.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook