Portuguesa vendeu sua vaga na Série A em 2013

O MP-SP concluiu que o meia Héverton foi, premeditadamente, escalado de forma irregular pelo clube, o que gerou a punição que ocasionou a queda da Lusa
O MP-SP concluiu que o meia Héverton foi, premeditadamente, escalado de forma irregular pelo clube, o que gerou a punição que ocasionou a queda da Lusa

Segundo o portal Yahoo! a Portuguesa vendeu a sua permanência na Série A. Esta foi uma conclusão feita pelo Ministério Público (MP-SP), que agora quer descobrir quem comprou. O valor variaria de R$ 4 milhões a R$ 20 milhões.

O MP-SP concluiu que o meia Héverton foi, premeditadamente, escalado de forma irregular pelo clube, o que gerou a punição que ocasionou a queda da Lusa. O clube, já está rebaixado para a terceira divisão do Brasileiro desde semana passada, ocasião que faltava cinco rodadas para o fim do torneio.

Conclusão

O MP-SP, que investigou a escalação de Héverton, chegou a esta conclusão pelos seguintes motivos: seis funcionários, no mínimo, tinham informação sobre o atleta, já que a CBF enviou um e-mail, via Federação Paulista de Futebol (FPF), que foi aberto pelo clube. Foram descobertas, ainda, conversas telefônicas entre o advogado da Portuguesa e o departamento jurídico da CBF, antes da partida.

E, também, foi descoberto que os procedimentos de rotina foi realizado pelos funcionários da Lusa antes do jogo. Dentre estes procedimentos foi feita a preparação de uma pasta com as informações sobre jogadores suspensos e pendurados que seria entregue para a comissão técnica. A pasta não trazia a punição de Héverton, que foi escalado irregularmente.

Na próxima semana, a Portuguesa entregará por meio de sua Comissão de Ética um relatório sobre o caso.

Comentários do Facebook