Presidente de clube da Série A é ameaçado de morte por torcedores

João
João Humberto Martorelli, presidente executivo do Sport

O presidente executivo do Sport, João Humberto Martorelli, foi ameaçado de morte após levar ao Conselho do Clube a proposta de excluir do quadro de sócios 20 membros que fazem parte da Torcida Jovem.

As ameaças foram coletadas em vários portais e páginas online. O Departamento Jurídico do clube reuniu o material e apresentou uma notícia crime ao Ministério Público de Pernambuco, que encaminhou a denúncia e o material para a Delegacia de Repressão e Intolerância Esportiva.

Agora, os suspeitos estão sendo investigados para que as medidas corretas sejam tomadas.

“As ameaças terão resposta da forma adequada, levando o assunto às autoridades competentes. Torcedor de verdade questiona, reclama, discute, até xinga em campo quando contrariado, mas tudo de forma civilizada, jamais fará de sua opinião e de sua paixão uma arma para ameaçar fisicamente quem quer que seja”, afirmou o vice-presidente jurídico do Leão, Lêucio Lemos.

Comentários do Facebook