Presidente do Vila detona jogadores após greve

Jogadores do Vila voltaram a treinar após a greve. (Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova)
Jogadores do Vila voltaram a treinar após a greve. (Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova)

Após uma reunião com a diretoria e com Marçal Filho, presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de Goiás, os jogadores do Vila Nova voltaram a treinar nesta sexta-feira, 17. Sem previsão para receber os dois meses de salários atrasados, os jogadores estavam de greve desde a última quinta.

“Espero que a diretoria possa dar uma satisfação. Todo mundo aqui tem família. A campanha não serve de desculpa. Queremos que eles façam a parte deles também”, desabafou o goleiro Cléber Alves.

Críticas

Rodrigo Nogueira, presidente executivo do Vila, não poupou críticas aos jogadores que entraram de greve. “Acho que estão sem comprometimento com o clube. Não estou preocupado, pois não estão respeitando o Vila. Se não entrarem em campo, o sub-20 vai entrar. Eu acharia até melhor”, detonou o presidente.

Comentários do Facebook