A segurança em estágio terminal

Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

A segurança em estágio terminal | Foto: Reprodução
A segurança em estágio terminal | Foto: Reprodução

A segurança em estágio terminal

Quer saber detalhes sobre a rotina da cidade, faça uma viagem de ônibus e permaneça alguns minutos num terminal de passageiros. São nesses ambientes que cidadãos dos quatro cantos da Região Metropolitana de Goiânia estão clamando por um mínimo de segurança. O Padre Pelágio, por seu tamanho e complexidade, é o exemplo mais latente de um espaço público onde reina a máxima do “salve-se quem puder”. Os usuários só contam com uma proteção: a divina.

Assaltos, brigas, ameaças, assédios sexuais e homicídios integram o roteiro de um legítimo filme de terror estrelado diariamente por milhares de cidadãos indefesos. Rotina semelhante, em menor escala, também se estende a outros terminais de ônibus, como Praça da Bíblia, Praça A, Bandeiras e Garavelo. Enquanto isso, Guarda Municipal e Polícia Militar pouco podem fazer em função do baixo efetivo e da frouxidão no cumprimento das leis, favorecendo a criminalidade. O que já está ruim tende a piorar se não forem adotadas medidas urgentes para a retomada dos terminais. Hoje eles se encontram sob o domínio das gangues, dos traficantes de drogas. E o passageiro, sem saída, continua embarcando no ônibus sem saber como e de que forma irá voltar ao destino.

Ruf Medicina 300 x 250

LEIA MAIS: Mulher é morta com filho de 4 anos no colo na porta de bar

Pobre de ti, Goiânia!

A dois dias do encerramento  de um ciclo administrativo de seis anos, não são apenas os buracos nas ruas, o mato alto e o lixo que incomodam o morador da capital. A cidade continua mal sinalizada, os parques ambientais perderam o brilho e os monumentos estampam a falta de cuidado com a manutenção. Questões básicas para o critério de exigência do goianiense, estabelecido pelas reconhecidas gestões de Nion Albernaz (PSDB) e Iris Rezende (PMDB).

Frase de um empresário na última terça-feira, momento em que tentava receber dívida na Secretaria de Financas: “Paulo Garcia conseguiu superar o histórico negativo do também petista Pedro Wilson. Administrou Goiânia  por seis anos e deixou estragos físicos e financeiros bem maiores. Definitivamente não vai deixar a mínima saudade”. Como discordar?

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter